18.12.13

O NATAL "visto" pelos poetas do concelho de Nisa (6)

 NATAL...
Dezembro? Será que o Natal se resume a 25 de Dezembro?
Não! Natal não é só esta data
Natal deveria ser todos os dias,
Do dia 1 de Janeiro ao 31 de Dezembro de todos os anos.
Porque Natal é Amor, é Esperança
É compreensão, é ajuda, e fé.
Natal é Amor, é querermos ao Outro
Como a nós próprios.
Natal é, sem excepção, amarmos-nos
É pensarmos na infelicidade que nos rodeia.

Natal não é sinónimo de prendas, mas de família
É sermos unidos, vivermos em plenitude,
Juntos, juntinhos,
De mãos dadas.
É pensarmos que apesar da distância
Estamos perto.
É o mundo a viver em conjunto,
Da Itália à América, sem distinções, riqueza e ganância.

É um sonho rosa, ilusão talvez
Mas não deixa de ser um mundo possível...
Afinal, como já dizia o poeta:
Pode-se matar quem sonha, mas não o sonho...
Vamos fazer deste sonho realidade,
Assim, sim, conseguiremos ser felizes,
Unidos e irmãos...
Irmãos de sangue e com todas as diferenças,
Sermos iguais...
Ana PatríciaJN nº 4822 Dez. 1999