22.12.17

Assembleia Municipal de Sousel aprovou Voto de Protesto por falta de Ortopedista no Hospital de Portalegre

A CDU de Sousel propôs e viu aprovado na Assembleia Municipal, um Voto de Protesto por anomalias no funcionamento do Hospital Distrital de Portalegre. Segue o teor do documento aprovado.
"A CDU apresenta um voto de protesto pelo sucedido nos passados dia 10 e 11 de Novembro de 2017 no Hospital de Portalegre, nomeadamente no Serviço de Urgência, em que o mesmo não contou com nenhum Ortopedista por mais de 48h, tendo obrigado vários doentes a serem transferidos para outras unidades hospitalares, agravando o seu estado de saúde e acarretando incómodos para os utentes e suas famílias.
Como se não bastasse o sucedido nos dias referidos, no passado dia 19 de Novembro o Hospital de Portalegre também não contou com nenhum médico de urgência na especialidade de Ginecologia-Obstetrícia, forçando as grávidas do Distrito de Portalegre a serem desviadas para Évora.
Protestamos com a anormal frequência com que estes acontecimentos têm ocorrido, deixando expresso de forma clara que a AM de Sousel  estará atenta, vigilante e interventiva perante estas faltas de consideração pelo direito inalienável dos habitantes do distrito à sua saúde.
Assim a Assembleia Municipal de Sousel, reunida a 15 de Dezembro de 2017 aprova este voto de protesto, sendo dado conhecimento do mesmo ao Conselho de Administração da ULSNA (Unidade Local de Saúde Norte Alentejano) e que o mesma seja enviado à ARS do Alentejo, Ministério da Saúde e órgãos de comunicação local e regional."