27.4.17

Casas de Acolhimento da SCMP apresentam boas práticas nas I Jornadas Plataforma PAJE

O Diretor das Casas de Acolhimento da Santa Casa da Misericórdia de Portalegre vai apresentar as boas práticas de gestão destas instituições, nas I Jornadas Plataforma PAJE que se realizam, dia 28 de abril, no Auditório da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
O convite para estar presente neste evento partiu da organização das Jornadas com o objetivo de abordar as temáticas da infância e juventude e, nesse sentido, divulgar as práticas de sucesso das Casas de Acolhimento da Santa Casa de Portalegre que passam por exemplo por reuniões comunitárias semanais com os jovens sobre vários temas da atualidade; Inclusão dos jovens mais velhos em voluntariados com ligação a algumas áreas do interesse dos jovens; Sinergias entre antigos alunos (bons exemplos) e os jovens acolhidos; Encaminhamento dos jovens acolhidos para práticas desportivas, culturais e cívicas como atividades extracurriculares; Sinergias com as forças de segurança (GNR e PSP) através de várias ações de sensibilização (violência no namoro, perigos da internet, consumos de drogas e estupefacientes, etc…); Sinergias com o Ministério Público – assistir a julgamentos sobre temas relacionados com os jovens; Sinergias com a Escola Superior de Saúde sobre temas como a higiene oral, hábitos tabágicos, doenças sexualmente transmissíveis etc.
Além disso as Casas de Acolhimento da Santa Casa da Misericórdia de Portalegre contam também com um Programa de Desenvolvimento de Treino de Competências de Autonomia, assim como com uma Casa de Autonomia, onde os jovens iniciam a sua vida adulta e onde alguns têm experiências de autonomia de vida com bastante sucesso.
São também políticas de gestão destas instituições, premiar o esforço, o bom comportamento e o bom desempenho escolar; integrar os elementos da sociedade civil nas dinâmicas do acolhimento residencial e realizar festas, aniversários e eventos.
Filipe Serrote, Diretor das Casas de Acolhimento da Santa Casa da Misericórdia, afirma “Foi com enorme alegria, que aceitámos o convite da direção da Plataforma PAJE para partilhar a nossa experiência de sucesso com todos os que vão assistir a estas Jornadas. Estamos orgulhosos do trabalho que desenvolvemos todos os dias e que se traduz, basicamente, em intervir de forma terapêutica e com amor. Esperamos que as nossas práticas possam inspirar outras instituições, e contribuir para que mais jovens venham a ter um futuro de sucesso.”
Acerca das I Jornadas Plataforma PAJE
As I Jornadas Plataforma PAJE – Apoio a Jovens (Ex)acolhidos onde “Vivenciar… Partilhar… Sorrir…” são o mote para uma reflexão partilhada entre diversos players envolvidos na problemática das crianças e jovens em risco, da fase pré-acolhimento, até ao seu termo e sequente integração social. Estas Jornadas propõem colocar na agenda dos decisores, através da comunidade científica e da opinião pública, a preocupação com vítimas precoces, oferecendo um contributo na análise das questões da infância e suas implicações ao longo da vida, através de uma abordagem multidisciplinar. Mais informações e programa em http://www.paje.pt/i-jornadas/