11.2.17

Sindicatos do Alentejo reunem em Portalegre

O Secretariado Inter-Regional do Alentejo (SIRA) reuniu ontem na sede da União dos Sindicatos do Norte Alentejano e definiu objectivos e metas para o futuro próximo do Movimento Sindical Unitário no Alentejo, integrados nas campanhas e iniciativas nacionais da CGTP-IN.
No âmbito do Roteiro contra a Precariedade, até 17 de Março decorrerão por todo o país iniciativas diversas dos Sindicatos e Uniões, em vários sectores e locais de trabalho, com o objectivo de denunciar e mobilizar os trabalhadores contra a precariedade. Por todo o Alentejo, centenas de trabalhadores de dezenas de empresas e locais de trabalho, focos de precariedade nas regiões, serão contactados pelos seus sindicatos de classe, para que identifiquem os seus vinculos precários, os denunciem e se organizem para os combater, exigindo a sua estabilidade no trabalho e na vida.
No dia 14 de Março decorrerão iniciativas distritais em Portalegre, Évora e Beja para divulgar e ampliar a luta contra a precariedade.
O Roteiro da Precariedade servirá também para mobilizar todos os jovens trabalhadores do Alentejo para que se juntem a milhares de outros de todo o país na manifestação nacional da juventude trabalhadora, no dia 28 de Março em Lisboa.
Na Semana da Igualdade, de 6 a 10 de Março, o movimento sindical assinalará o dia 8 de Março, dia Internacional da Mulher Trabalhadora, com diversas iniciativas para debater com as trabalhadoras diversas temáticas ligadas a doenças profissionais, assédio moral, direitos da parentalidade, horários de trabalho, contratação colectiva, salários, entre outros. O movimento sindical participará e mobilizará as trabalhadoras para a participação da Marcha da Mulheres, convocada pelo Movimento Democrático das Mulheres (MDM), que terá lugar no dia 11 de Março, em Lisboa.
O movimento sindical do alentejo participará amanhã na  8ª Conferência da Inter-Reformados em Lisboa e continuará empenhado na recolha de assinaturas para o Projecto de Lei de Iniciativa Cidadã que prevê a regionalização no Alentejo – AMALENTEJO.
O SIRA afirma a importância da participação de todos os trabalhadores nas concentrações e desfiles convocados pelas Uniões de Sindicatos do Alentejo para o 1º de Maio, Dia do Trabalhador, que este ano tem o lema “Valorizar o trabalho e os trabalhadores”.
O SIRA assinala ainda os 42 anos da realização do 1º Encontro de Trabalhadores Rurais do Sul, que teve lugar em Évora e que decidiu avançar para as terras incultas dando inicio à Reforma Agrária.
Portalegre, 10 de Fevereiro de 2017
O Secretariado Inter-Regional do Alentejo da CGTP-IN
O Depº de Informação da USNA/cgtp-in