6.2.17

* Fevereiro quente, não o vejas tu nem o teu parente.

 EFEMÉRIDES FEVEREIRO
Dia 6 - Nasceram neste dia…
1608 – Padre António Vieira, diplomata e escritor português (m. 1697).
1932 – François Truffaut, diretor, ator e crítico de cinema francês, um dos criadores da Nouvelle Vague (m. 1984).
1945 – Bob Marley, compositor, cantor e guitarrista jamaicano (m. 1981).
Morreram neste dia…
1918 – Gustav Klimt, pintor austríaco (n. 1862).
1962 – Candido Portinari, pintor expressionista brasileiro (n. 1903).
2003 – José Craveirinha, escritor moçambicano (n. 1922).
ADÁGIOS DE FEVEREIRO (1)
* Água de Fevereiro, mata o Onzeneiro.
* Ao Fevereiro e ao rapaz, perdoa tudo quanto faz.
* Aproveite Fevereiro quem folgou em Janeiro.
* Em Fevereiro, chega-te ao lameiro.
* Em Fevereiro, chuva; em Agosto, uva.
* Fevereiro é dia, e logo é Santa Luzia.
* Fevereiro enxuto, rói mais pão do que quantos ratos há no mundo.
* Fevereiro quente, traz o diabo no ventre.
* Fevereiro recouveiro, afaz a perdiz ao poleiro.
* Janeiro geoso e Fevereiro chuvoso fazem o ano formoso.
* Neve em Fevereiro, presságio de mau celeiro.
* O tempo em Fevereiro enganou a Mãe ao soalheiro.
* Para parte de Fevereiro, guarda lenha de Quinteiro.
* Quando não chove em Fevereiro, nem prados nem centeio.
* Tantos dias de geada terá Maio, quantos de nevoeiro teve Fevereiro.
* Ao Fevereiro e ao rapaz perdoa-se quanto faz, desde que o Fevereiro não seja varão, nem o rapaz ladrão.
* Aveia de Fevereiro, enche o celeiro.
* Bons dias em Janeiro vêm a pagar em Fevereiro.
* Dia de S. Brás, a cegonha verás e, se não a vires, o Inverno vem atrás.
* Em chegando o S. Brás (dia 3), verás o que o Inverno fez e o que o Inverno faz: se vai para diante ou se fica para trás.
* Em dia de S. Matias (24) começam as enxertias.
* Em Fevereiro chuva, em Agosto uva.
* Em Fevereiro neve e frio, é de esperar ardor no estio.
* Em Fevereiro, ergue-se o centeio, a aveia enche o celeiro e a perdiz afaz-se ao poleiro.
* Em Fevereiro, mete obreiro; pão te comerá, mas obra te fará.
* Fevereiro afogou a mãe no ribeiro.
* Fevereiro chuvoso faz o ano formoso.
* Fevereiro coxo, em seus dias vinte e oito.
* Fevereiro engana as velhas ao soalheiro.
 * Fevereiro enxuto rói mais pão do que quantos ratos há no mundo.
 * Fevereiro o mais curto mês e o menos cortês.
* Fevereiro quente traz o diabo no ventre.
* Fevereiro seca as fontes ou leva as pontes.
* Fevereiro trocou dois dias por uma tigela de papas.
* Fevereiro quente, não o vejas tu nem o teu parente.
* Neve de Fevereiro, presságio de mau celeiro.
* O primeiro de Fevereiro jejuarás, o segundo guardarás e o terceiro é dia de S. Brás; semeia o cebolinho e te-lo-ás.
* O tempo de Fevereiro enganou a mãe ao soalheiro.
* Para parte de Fevereiro, guarda lenha no quinteiro.
* Pelo S. Matias (dia 24), noites iguais aos dias.
* Quando a Candelária (dia 2) chorar, o Inverno está a passar. Quando a Candelária rir, o Inverno está para vir.
* Quando não chove em Fevereiro, nem bom prado nem bom palheiro.
* Tanta chuva pelas candeias (Nª Sª das Candeias, dia 2), tantas abelhas para as colmeias.
* Vai-te embora Fevereiro que não me deixaste nenhum cordeiro.