1.12.15

Em Dezembro, treme o frio em cada membro

Dezembro é o décimo segundo e último mês do ano no calendário gregoriano, tendo a duração de 31 dias. Dezembro deve o seu nome à palavra latina decem (dez), dado que era o décimo mês do Calendário Romano, que começava em Março.
Em 21 de Dezembro ou data próxima, o Sol atinge o ponto mais ao sul em sua trajetória pelo céu. É o solstício de inverno, começo do inverno no hemisfério norte e do verão no hemisfério sul.
 DIAS COMEMORATIVOS
01 - Restauração da Independência (1640)
01 - Dia Mundial de Luta Contra a Sida
01 - Dia da Filatelia
02 - Dia Internacional para a Abolição da Escravatura
03 - Dia Internacional das Pessoas com Deficiência
03 - Dia Internacional dos Portadores de Alergia Crónica
04 - Dia Nacional da Pessoa com Esclerose Múltipla
04 - Dia da Bolacha
05 - Dia Internacional do Voluntariado
05 - Dia Mundial do Solo
06 - Dia de São Nicolau
07 - Dia de Timor-Leste
07 - Dia Internacional da Aviação Civil
08 - Dia da Imaculada Conceição
10 - Dia Internacional dos Direitos Humanos
11 - Dia Internacional da Montanha
11 - Dia Internacional do Tango
11 - Dia Internacional da UNICEF
18 - Dia Internacional das Migrações
18 - Dia de Nossa Senhora do Ó
20 - Dia Internacional da Solidariedade Humana
21 - Solstício de Inverno
22 - Início do Inverno
25 - Natal
28 - Dia dos Santos Inocentes
31 - Véspera de Ano Novo
Num trevo bem pequenino
Vem marcada a nossa sorte;
Folhas soltas do destino
Unidas ao pé da morte.
(Canc. Pop. Português) 
ADÁGIOS DE DEZEMBRO
* Em Dezembro, descansa, mas não durmas.
* Se os pepinos dessem em Dezembro, ninguém os comeria.
* Dia de S. Silvestre, quem tem carne que lhe preste
* Do Natal ao Entrudo come-se capital e tudo.
* Nem no Inverno sem capa, nem no Verão sem cabeça.
* Natal em casa, Páscoa na praça.
* Pelo Natal ao jogo e pela Páscoa ao fogo.
* Inverno laborioso, Verão venturoso.
* Natal à sexta-feira, por onde andares semeia.
* Em Dezembro, treme o frio em cada membro.
* Natal ao Domingo, vende bois e compra trigo.
* Em Dezembro, lenha e dorme.
* No advento, lebre no Sarmento.
* No dia de Natal, têm os dias mais um salto de pardal.
* Ande o frio por onde andar, no Natal vem cá parar.
* Do Natal a Santa Luzia, cresce um palmo o dia.
* Em dia de Santa Luzia (13) tira de noite e mete de dia.
* Quem quiser bom alhal plante-o no mês de Natal
* Depois que o Menino nasceu, tudo cresceu.