14.11.13

Maria João Charrinho no Centro Cultural de Arronches


Durante todo o mês de Novembro, as galerias do Centro Cultural de Arronches voltam a realçar a beleza da região do Alentejo, com a exposição 'Terra da Cor dos Olhos de Quem Olha' de Maria João Charrinho.
A sala de exposições do Centro Cultural de Arronches volta a apresentar, durante o mês de Novembro, uma verdadeira pérola para os amantes de pintura e do Alentejo. Trata-se da exposição 'ALENTEJO: Terra da Cor dos Olhos de Quem Olha' de Maria João Charrinho, que sucede à exposição de seu pai António Maria Charrinho.
Composta por 15 quadros, esta exibição inaugurada nesta quinta-feira, dia 7 de Novembro, baseia-se muito em temas como "a árvore, Nisa e o Alentejo" e é composta por quadros em acrílico e quadros onde a artista mostra o seu gosto por "criar ambientes", jogando com cores e materiais, como areias e cordas, por exemplo. Alguns destes quadros são onde a artista põe em prática a "Técnica Mista" resultando em obras de belo efeito.
Maria João Charrinho, cujo nome da exposição deriva de um poema de Miguel Torga, referiu que as suas obras "têm de fazer sentido", estando algumas delas ligadas a acontecimentos da sua vida. A designer e professora do ensino básico/secundário, que apenas recentemente se sentiu encorajada a expor o seu trabalho, elaborou uma obra propositadamente para Arronches onde surgem as palavras que compõem o nome da exposição.
Perante o olhar atento de vários autarcas do concelho, a presidente do Município de Arronches, Fermelinda Carvalho voltou a mencionar a importância de mostrar o trabalho da região que se reveste de grande qualidade, fazendo também alusão às várias exposições, de vários temas e de diversos materiais, levadas a cabo no Concelho de Arronches.